Gratis Joomla Templates by Hostmonster Coupon

"Sábados a Contar" - O romance do 25 de abril

 
E se um menino se chamasse Portugal? 
 
Ou então pode o Portugal do antes do 25 de Abril, ser comparado a um menino? 
Ora, e por que não? 
 
Venham conhecer a sua história como cresceu e sofreu e lutou até ser já adulto, ver realizado um sonho. E que sonho foi esse?
 
Um conto sobre o 25 de abril para toda a família!
 
Venham ter connosco no próximo sábado, pelas 16h30!
 
   Romance do 25 de Abril / João Pedro Mésseder; il. Alex Gozblau; Caminho 

 



Estes “Sábados a Contar”, marcaram o final das Comemorações do 25 de abril no nosso concelho. Foi com leitura encenada do livro “O Romance do 25 de Abril” de João Pedro Mésseder. Para o momento, a contadora vestiu-se a rigor e fez-se acompanhar de uma “pasteleira” (bicicleta). A personagem principal é um menino de seu nome Portugal. Cresceu e sofreu e lutou até ser adulto, para ver realizado o seu sonho! O sonho da Liberdade, é claro! Imaginou uma democracia e uma justiça, que sempre idealizou para seu país à beira-mar mar plantado. Já feito homem, continuou atento e a sonhar com o seu país e um com mundo melhor, sem guerras, tingido com as cores da LIBERDADE. Das lutas do menino, agora já homem, de nome Portugal, resultou a revolta do povo e das forças armadas: A REVOLUÇÃO do 25 de ABRIL DE 1974!  No final da história cantámos o Hino da Liberdade: Grândola Vila Morena de Zeca Afonso, enquanto foram distribuídos cravos, a flor que é o símbolo da Revolução. Como último momento desta tarde bem passada, as crianças, acompanhados pelos familiares, tiveram oportunidade de fazerem um fanzine. Aos seus olhos e da sua sensibilidade, desenharam e escreveram o que foi para cada um deles o 25 de Abril. Os fanzines estão expostos no Fanzine Móvel da Biblioteca Municipal de Alpiarça.

 
Visitas: 211