Gratis Joomla Templates by Hostmonster Coupon

"Ler Antes de Ler" - ON-LINE

Já lá vão 4 meses desde que recebemos a última visita dos nossos amigos do ensino pré-escolar (público e privado), no âmbito do projeto "Ler Antes de Ler". Sendo ainda incerto o momento em que estas crianças poderão retomar as visitas regulares à Biblioteca para ouvirem contar um conto, decidimos experimentarmo-nos on-line, de forma interativa, via Skype.

Assim, semanalmente, a partir da Biblioteca Municipal, com o "Ler Antes de Ler" - ON-LINE, voltaremos à boa companhia de uns dos outros, mas desta feita virtualmente.

Projeto "Ler Antes de Ler", presencial.
Projecto conexo "Conto-vos um conto, contem-nos um também!" - ON-LINE


6 e 13 de agosto

Uma vez mais ao ar livre, no Jardim da Biblioteca, logo pela manhã, antes que o calor de agosto nos invadisse, tivemos a boa companhia dos nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas, para mais duas animadas sessões de contos "Catrapum, aqui vai mais um!" e "Lobo Bom ou Lobo Mau?" 
Foi com estas duas belas histórias que a contadora a todos encantou!  Uma galinha que gosta muito de musica abre a porta da sua casa... o que ela não sabia é que lhe reservavam momentos de grande alvoroço, mas que afinal nos divertiu a todos! Depois, da entreajuda de dois famosos Lobos - o Bom e o Mau - resultou a seguinte conclusão: "que o Lobo Bom tem o dever de salvar e proteger o mundo do Lobo Mau!" Afinal não é necessário ser mau para se sair vitorioso! Boas Férias amiguinhos, divirtam-se!!!

 


23 de julho

Nesta bela manhã de verão, na companhia dos nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas, continuámos a explorar o bonito Jardim da Biblioteca à descoberta de um local prazeroso para mais uma sessão de contos. Nunca esquecendo que o Sol - sempre caprichoso e nada obediente!! – nos pode obrigar a mudar de sítio, como foi o caso de hoje. A história “A menina que não gostava de fruta”, fala-nos da Joana, uma criança que não sabia o que era o bom sabor de uma fruta e dizia frequentemente “Não gosto nada de fruta! /E muito menos de ti!”. As frutas, ao fim de muitas tentativas, falando dos benefícios e da forma como podem ser consumidas lá a convenceram: em salada de frutas, nos bolos, nos gelados, nos sumos e a comer naturalmente. De coração ao peito oferecido pela contadora, os nossos amiguinhos voltaram às suas salas, para nele desenharem o fruto que mais adoram. Até breve amiguinhos, bom fim de semana!

 


9 de julho

Esta manhã continuámos a explorar o Jardim da Biblioteca com os nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas. Desta feita o conto contado aconteceu debaixo da amoreira nova, ficando a amoreira velhinha a observar-nos mesmo ali ao lado.  
A contadora trouxe aos pequeninos a bela história dos irmãos Grimm, “O sapateiro e os anões”. O pobre e cansado velho sapateiro vivia com a sua esposa e só tinha um único pedacinho de cabedal para fazer um único e ultimo par de sapatos Como iriam sobreviver? Decidiram tocar as badaladas ao som dos ferrinhos com a ajuda dos nossos amigos e algo mágico aconteceu: noites a fio foram surgindo belos sapatos, os melhores do mundo. Foi obra dos Duendes que até tornaram ricos o sapateiro e a sua esposa. Dizem que os duendes ainda vivem por aí…, ajudando quem mais precisa! No final, o Miguel surpreendeu-nos a contar a história à sua maneira ????. Até breve amiguinhos, bom fim de semana!

 
2 de julho
 
Hoje, em mais uma linda manhã de verão, voltámos ao jardim da Biblioteca na companhia dos nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas para ouverem mais uma bela história: “A Amélia quer um cão” 
Amélia pediu ao pai uma águia, um cavalo, um elefante, ou uma baleia e outros animais, que eram muito difíceis ou quase impossível de cuidar na sua casa. Depois de Amélia tanto insistir o pai lá lhe deu ouvidos e deixou que  o sonho se realizasse: ter um cachorrinho para ela cuidar e amar e ter um amiguinho muito especial 
Nunca devemos desistir dos nossos sonhos até se tornarem realidade e nos fazerem felizes, assim fez a Amélia e resultou!

1 de julho
 
Esta tarde despedimo-nos dos nossos amiguinhos da EB1/JI do Frade de Baixo. Foi um ano letivo atribulado como bem sabemos. 
Apesar de tudo, ainda conseguimos uns bons momentos de contação como foi o acaso de hojeA contadora desta feita levou duas histórias: “Tarte de Mamute” e “O sapateiro e os anões”. 
Muito diferentes, mas ambas bem divertidas. 
Para todos vós amiguinhos, para as professoras e auxiliares, desejamos umas excelentes e merecidas férias, com muita saúde!

 


30 de junho
 
Hoje, regressámos à Biblioteca Escolar da EB1 e Jardim de Infância de Alpiarça, junto dos nossos amiguinhos A história escolhida pela contadora teve por título "Amélia quer um cão" Apesar da recusa do pai - Não - será que ela conseguiu realizar esse sonho? Amélia ficou muito triste , mas nunca desistiu e persistiu até conseguir concretizá-lo. Ela tentou que o pai lhe oferecesse vários animais: uma águia um cavalo um elefante , mas, claro, o pai recusou sempre!! Por fim, depois de tanta insistência, lá resolveu dar o cãozinho que a filha tanto queria   


25 de junho 
 
Nesta bela manhã de verão voltámos à boa companhia dos nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas, no jardim da Biblioteca. A contadora de histórias, de baixo do braço, trouxe o livro “Tarte de Mamute” e...um tablet !! Iríamos ter surpresas???
A história falou-nos de um gordo mamute que vivia no cimo da montanha . Lá em baixo, no vale, vivia um homem das cavernas esfomeado que, ao olhar para mamute, imaginava uma tarte deliciosa. Será que conseguiu concretizar o seu desejo? Nãoooo, mas divertiram-se e nós tambémFalámos também da Era do Gelo e do homem das cavernas. No final viram um pequeno vídeo sobre esta história e exploraram o livro de onde vinham os sons. Até à próxima amiguinhos, bom fim de semana.


24 de junho 
 
Esta tarde, naquele que foi mais um regresso ao lindo e florido pátio da Escola EB/JI do Frade de Baixo, a nossa contadora levou até às crianças uma história bem hilariante "Não abras este Livro!". E elas gostaram, de tal forma que intervieram durante a contação, quase gritando: só mais uma!! Só mais uma!!! E a contadora, como que adivinhando, levou a continuação da primeira história, que não podia ter terminado da melhor forma...com muitas gargalhadas. No final, puderam usufruir do prazer da leitura, mostrando os livros também às professoras. Fizeram-se as despedidas e até à próxima amiguinhos, cuidem-se!


23 de junho
 
Reencontramo-nos, uma vez mais e presencialmente, com os nossos amiguinhos do Jardim de Infância de Alpiarça. 
Desta feita a contadora de histórias levou-nos a viajar até "A Savana", uma história apelativa, cheia de vida e de cor em que os sons complementam a ação dos animais  Antes da contação, todos souberam identificar os animais da Savana, deixando pelo meio algumas surpresas. Até breve amiguinhos!


18 de junho
 
Esta manhã o céu esteve um pouco nublado, até ameaçou com chuva, mas nada afastou os nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas, de volta ao jardim da Biblioteca para ouvirem uma história, e que história…o "Trollzarrão". 
O Troll, um ser que habitava a floresta, que andava sempre mal disposto e a falar muito alto e aos gritos. Todos amigos se afastaram, acabando por ficar sozinho. Ele refletiu sobre o seu comportamento e decidiu pedir desculpa a todos, o que todos aceitaram. Fizeram as pazes. Ajudaram-no a construir uma casa nova, na árvore. Trollazão nunca mais gritou com ninguém. Concluindo: "a união faz a força", e reforçou a amizade entre todos, voltou a trazer a alegria e boa disposição. Fiquem bem amiguinhos, bom fim-de-semana, até breve!

 


17 de junho
 
Com especial carinho, hoje estivemos na boa companhia dos nossos amigos da EB1/JI do Frade de Baixo. 
Todos de "Cara-Pintada", cantaram e tocaram com os instrumentos do índio: o batuque e a maraca. Todos entraram na aventura do “Pequeno guerreiro" dando um nome imaginário a si próprios. E esta foi mais uma prodigiosa aventura, cheia de ação e imaginação: “Ká-káxixó, sou um guerreiro feroz!!! Lúlúlúlúlulu”. Até à próxima amiguinhos.

 


16 de junho

Hoje, voltámos à Biblioteca Escolar da EB1e Jardim de Infância de Alpiarça e à boa companhia dos nossos amiguinhos. A história tradicional "Os sete cabritinhos" deu o mote a contadora para passar a mensagem "Truz, truz, nunca abras as portas a estranhos!". Até à próxima amiguinhos.





11 de junho

Esta manhã, já com o calor a fazer-se sentir, recebemos a visita dos nossos amiguinhos e vizinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas, desta feita à porta da Biblioteca. Com todos os cuidados, lá vamos voltando à boa companhia uns dos outros. De "Cara-Pintada" todos entraram na aventura do “Pequeno guerreiro" que com a sua prodigiosa imaginação transforma qualquer objeto num arco e flecha. A contadora de histórias contou e encantou: “Ká-káxixó, sou um guerreiro feroz!!! Lúlúlúlúlulu”. Até à próxima amiguinhos, bom fim-de-semana!





1 de junho 

O "Ler antes de Ler" no Dia Mundial da Criança.
Além de ser um dia muito especial para as nossas crianças, este 1 junho marcou o regresso ao pátio da Escola EB/JI do Frade de Baixo. Finalmente pudemos voltar a estar juntos, na boa companhia dos nossos amiguinhos. 
Com "O lobo que queria ter uma namorada" a contadora trouxe a história de um lobo que andava triste porque, imaginem, todos tinham namorada menos ele!!! Pelo caminho aconteceram grandes peripécias, mas no final o seu coração lá palpitou, e muito!!Foi um bom momento de contação… e passou quase um ano e meio, já todos tínhamos saudades Até à próxima amiguinhos, fiquem bem!





21 de maio 

Porque o bom tempo o permitiu, porque, felizmente, a pandemia vai dando sinais de tréguas na nossa Alpiarça, voltámos à boa companhia dos nossos amigos do Centro Infantil da Fundação José Relvas no jardim da Biblioteca.
Foi com "A Savana", uma história apelativa, cheia de vida e de cor em que os sons complementam a ação dos animaisque a contadora de histórias a todos encantou. No final houve um momento de reflexão em que todos imaginaram o "seu pássaro". Até breve amiguinhos, bom fim da semana!





19 de maio 

Por razões técnicas só agora assinalamos este "Ler antes de Ler" On-line que decorreu na semana passada e nos trouxe de volta à companhia (ainda) virtual dos nossos amigos do Jardim de Infância de Alpiarça. 
E não é que o jacaré comilãoainda não abandonou o livro???  Apesar disso, todos continuam muito corajosos, ainda ninguém mostrou medo em ouvir esta bela história que recomenda: "Abre com muito cuidado, este livro está mordido!"
Até breve amiguinhos, fiquem bem!





7 de maio 

Ler Antes de Ler - Para todos!!


Voltámos à boa companhia dos nossos amigos (e vizinhos) do Centro Infantil da Fundação José Relvas. Foi debaixo da velhinha e maravilhosa amoreira que retomámos o "Ler antes de Ler" "Abre com muito cuidado, este livro está mordido!"
Junto ao tronco da generosa árvore, a contadora de histórias perguntou: vocês são corajosos?? Não têm medo de ouvir esta história que tem crocodilos pelo meio??  
- Nãoooooooooo 
No final todos provámos as amoras da velhinha amoreira, são bem negras e muito saborosas





2020

2 de Dezembro 

No dia a dia, os mais pequenos têm de fazer frente a desafios que lhes parecem insuperáveis, apesar de os adultos os verem como algo de insignificante...
Com a história "A sopa queima" a contadora passou a mensagem (virtualmente, via Skype, o tempo assim aconselhou) às crianças do Centro Infantil da Fundação José Relvas, que há sempre uma solução para os nossos problemas!! Deu como exemplo o problema da Maria que tendo a sopa muito quente, não sabendo o que fazer, decidiu pedir ajuda aos animais seus amigos e, claro está, à sua mãe. A solução foi simples: soprar a sopa!
Foi aí que os nossos amiguinhos entraram na história, ajudando a Maria a soprar, a soprar...até ela poder comer a sopinha toda. E vitória vitória, acabou a nossa história . Continuem a cuidar-se, protejam-se e bom fim de semana!!





27 de Novembro 

Outono, tempo instável, levou-nos a estar como os nossos amiguinhos um dia on-line e outro dia off-line, na terça-feira e hoje. Resultou em algo diferente é certo, mas sempre com o desejo comum de poder oferecer às crianças do Fundação Relvas mais um “Ler Antes de Ler”, ultrapassando as atuais contingências causadas pela pandemia. 
Desta feita a contadora de histórias trouxe-nos uma “Mosca Fosca” , Bzzzzzzzzzzz, Bzzzzzzz, Bzzzzzz que de tanto dar voltas sem parar decidiu construir uma casa no bosque em que “Podia dormir e ficar muito quentinha, podia receber amigos e preparar doces na cozinha” Bem dito bem feito e a Mosca Fosca fez um belíssimo bolo que lhe trouxe muitas visitas, uns mais gulosos que outros. Caso do “Urso Lambeiro o mais guloso do mundo inteiro e este rico bolo de amora, vou comê-lo todo…AGORA!!!“ “E assim se acaba o conto…com uma dentada e…PRONTO!” E para a semana há mais, até lá amiguinhos, fiquem bem!

  



13 de novembro 

Desta feita tivemos a companhia dos nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação Relvas, das salas dos 3, 4 e 5 anos, em dois dias distintos, na 5* e 6* feira. Dois dias amenos que nos permitiram reencontrarmo-nos no Jardim da Biblioteca. Também com duas histórias diferentes pelas mãos da contadora: “O leão que temos cá dentro” e “A mãe galinha e os seus três pintainhos”.  O leão e o rato, a galinha e os seus pintainhos, as vacas e os seus bezerrinhos, os patos e os seus patinhos, os gatos e os seus gatinhos, foram os grandes protagonistas nestas duas encantadoras histórias. O leão e rato acabaram amigos dando um grande abraço; galinha teve (finalmente) os seus três pintainhos e todos ficaram muito felizes.
Até à próxima amiguinhos, fiquem bem!





27 de Outubro 

Hesitando entre o exterior e o On-Line, quis o S. Pedro fazer aparecer o sol e o bom tempo e lá fomos nós para junto edifício da Biblioteca à procura de um “Monstro” que teimava em esconder-se no meio das flores!!
A contadora de histórias tanto basculhou, basculhou que lá deu com o dito “Monstro” que afinal era a história “Há um monstro no teu livro”. Mas este Monstro veio com umas ideias engraçadas que saíram da caixa mágica: como saber ouvir com os olhos, com o cérebro, com os ouvidos, com coração e até com os pés!!! Depois, todos ajudaram a contadora a expulsar o Monstro do livro, foi uma trabalheira e tanto. No fim da árdua tarefa, concluímos que o melhor sítio para o Monstro é mesmo o livro, o que nos obrigou a voltar novamente ao trabalho: VOLTA  MONSTRO!!!! No fim de uma grande gritaria ele lá voltou! Cansado, com uma festinha na cabeça, chiuuuuuuu, e boa noite Pozinhos de prelim pim pim e a história chegou ao fim. Até à próxima amiguinhos, fiquem bem!





14 de Outubro 

Hoje o outono já se fez sentir, o sol espreitava entre as nuvens o vento soprava e as folhas esvoaçavam pelo jardim da nossa Biblioteca. Foi talvez numa dessas folhas voadoras que o ovo da “Largartinha muito comilona” chegou até nós, fazendo a delícia dos nossos amiguinhos, sala dos 3 anos, do Centro Infantil da Fundação José Relvas!
Pela mão da contadora de histórias do ovo à borboleta, a lagartinha, logo que nasceu sente uma fome devoradora, come tudo o que lhe aparece pela frente! De “uma pequena lagartinha esfomeada” passa a “uma lagarta grande e gorducha”, passando pelo casulo, “e…agora era uma linda borboleta Conto, contado, conto acabado! Todos levaram para sala um largatinha em papel, que para andar precisa de ser...soprada





13 de Outubro 

Mais uma manhã maravilhosa, com o sol meio quentinho a fazer-nos companhia no jardim da Biblioteca Municipal, para mais um excelente momento de contação com os nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas!
Voltámos com “A Melrita”  e com a raposa manhosa que tudo fez para levar a mãe Melrita ao engano, para que ela lhe desse todos os seus 5 filhotes a comer. Ainda assim, a raposa conseguiu levar 4 melritos… Para amenizar a dor da perda, com a ajuda dos nossos amiguinhos foi cantando: “Aiiiiiiii, que triste estou, aiiiiiiiiiii que triste estou. Aos meus melrinhos comida lhes dou!”  Até que apareceu um outro pássaro, o Alcaravão, que resolveu a situação! “Alcaravão comi !” (disse a raposa) a que respondeu “A outro tonto, mas não a mim!!!!”(disse o alcaravão) “E vitória, vitória, acabou-se a história!” No final todos receberam um pássaro em papel (e voou??) Fiquem bem amigos, até breve!





6 de Outubro 

A manhã estava ótima, com um sol radioso propício para mais um bom momento de contação com os nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas! A Stella e seu irmão Simão voltaram pela mão da contadora de histórias para mais uma aventura, desta feita passada na praia, “Stella estrela do mar". Era tudo novo para o Simão, pois era o seu primeiro dia na praia e as perguntas eram mais que muitas   A areia, as ondas do mar, os peixes, a descoberta das nuvens, do Sol, da Lua , das conchas, dos cavalos marinhos , das estrelas do mar e das estrelas cadentes ...serviram de mote para as muitas perguntas à Stella. Esta já baralhada, convidou o seu irmão a dar uns mergulhos para descontrair e saborearem realmente o bom que a praia lhes pode dar.  E 1, 2, 3, acabou-se a história desta vez!! Até breve amiguinhos, protejam-se, fiquem bem! 





29 de Setembro

Foi o Osvaldo, do livro “Um lobo pela trela”, o grande protagonista de mais uma bela manhã passada no jardim da Biblioteca Municipal, na companhia dos nossos amigos do Centro Infantil da Fundação José Relvas. 
Osvaldo tinha uma tarefa difícil: atravessar o rio de barco para ir vender à feira a sua melhor couve (bem repolhuda), a sua ovelha (bem gordinha) sem que esta comesse a couve, e sem que o lobo (escondido algures…) comesse a ovelha!! Um quebra-cabeças para o Osvaldo, que com a ajuda dos nossos amiguinhos foi concretizada com pleno sucesso. Para finalizar, todos experimentaram a lado mágico de conduzir um barco com a ponta de um lápis no lago da Biblioteca. E lá foram os barcos a navegar até ao meio do lago. Muito obrigado amiguinhos, até à próxima, fiquem bem!





22 de Setembro 

Que manhã agradável para mais um bom momento de contação com os nossos amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas! A contadora contou e encantou com a história "Stella princesa dos céus" em que se falou dos irmãos, da descoberta dos ambientes que nos circundam, da natureza, das nuvens, do Sol, da Lua, das estrelas e do Universo. Falámos da estrelinha da avó da Stella e do Simão, que agora é mais uma estrela brilhante entre as muitas e muitas que habitam o céu. E Vitória, Vitória acabou -se a história, até breve amiguinhos, protejam-se, fiquem bem!





15 de Setembro 

Trocando uma vez mais as voltas ao on-line e aproveitando o bom tempo (mais fresquinho hoje...), voltámos ao jardim da Biblioteca Municipal para o “Ler Antes e Ler” com os nossos amigos do Centro Infantil da Fundação José Relvas. Tivemos a companhia do já conhecidíssimo “Monstro das Cores” que, pela mão da contadora de histórias, nos levou à descoberta das cores das nossas emoções Mas o Monstro estava muito confuso! Afinal qual melhor cor para cada emoção??? De frasco em frasco, de cor em cor, com a ajuda de todos, lá se foi descobrindo. Mas houve uma surpresa quando surgiu o “Cor de Rosa”, que levou à descoberta que o Monstro estava apaixonado por todos os que escutavam esta história! No final cantou-se, fez-se um jogo com as cores das emoções, concluindo-se que não havia frasquinho com o “Cor de Rosa, que essa cor está nos nossos corações Muito obrigado amiguinhos, até à próxima, fiquem bem! Ao educador Rui Horta, que também esteve connosco, um grande até sempre!!! Muito muito obrigado por tudo que nos soube oferecer ao longo de todos estes anos! Felicidades!   





11 de Setembro 

As belas manhãs continuam o que permite desfrutar do jardim da Biblioteca Municipal, em segurança, na companhia das crianças do Centro Infantil da Fundação José Relvas. A contadora de histórias trouxe-nos o livro "As fadas falam-nos da amizade".  A Fada Lisete falou sobre o valor da amizade, um sentimento de afeição mútua que, muitas vezes, implica colocar-se no lugar do outro, para compreender as suas atitudes e assim tornar-se mais próximo e entender melhor o que sente um amigo E vitória vitoria acabou-se a história! Até breve amigos!





25 de Agosto 

Hoje, dia do “Ler Antes de Ler” com as crianças do Centro Infantil da Fundação José Relvas, o sol e o calor regressaram em força! Assim sendo, com os nossos amigos partimos em busca de uma boa sombra no jardim da Biblioteca. Depois de acomodados, a contadora de histórias começou pelo livro “Mamã" que nos fala de um bebé mocho que caiu da árvore onde a sua mãe o tinha deixado no ninho. Perdeu-se...mas de tanto pedir ajuda aos seus amigos lá conseguiu regressar à sua árvore, ficando muito feliz. A pedido dos nossos amigos seguiu-se  o livro "Mais um" que nos conta a história de um coelhinho que andava muito entusiasmo, pois a sua mamã estava grávida e ele ia ter um mano ou mana para brincar. Andava sempre de volta da mãe a perguntar quando era esse dia... Finalmente chegou e não nasceu um coelhinho mas doze!! Agora era uma alegria com tantos irmãos  para brincar! Nas duas histórias, a mãe teve o papel principal, sempre tão importante para o desenvolvimento dos seus descendentes. Todos adoraram estas histórias, muito obrigado, fiquem bem, até para a semana amiguinhos!!





18 de Agosto 

Desta feita, os nossos vizinhos e amiguinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas vieram ao nosso belo Jardim “ouverem” aquela história em que a neta desejava ser (e foi!) babysistter da sua avó, que vem no livro “Como tomar conta de uma Avó”. Depois de batizada a neta e a avó com os nomes de  Maria e Alice, foi extensa a lista das divertidas atividades que a ambas combinaram levar por diante, tarefa difícil para a contadora de histórias que viu e desejou-se para todas concretizar: andar de escorrega, andar de baloiço, cozinhar, fazer a cama e…cantar! Junto ao lago “Todos os patinhos sabem nadar”…”Parabéns a você…” e uma canção inventada pela Maria “Como é bom ter uma avó bem perto de ti!”. Entre mimos e abraços, todos aprenderam a dizer “ADORO-TE” em linguagem gestual: dedo no olho, dedo no coração e dedo a apontar para a avó ou neto. Para finalizar as crianças foram convidadas a recriarem a cara da avó com materiais da natureza recolhidos no jardim. E assim, através da “Land art”, concretizaram o seu objetivo. E foi mais uma bela manhã, muito obrigado a todos, até breve, fiquem bem!





11 de Agosto 

Hoje, com o tempo mais fresquinho fomos visitar os nossos vizinhos do Centro Infantil da Fundação José Relvas para mais uma manhã com o “Ler antes de Ler". A contadora levou duas histórias para as crianças escolherem e elas escolheram...as duas!! "Quem comeu a minha papa?" e "O tigre Xadrez". A primeira fala de um ursinho que ficou sem a sua papa do pequeno almoço...afinal não seria só para ele mas também, entre outros, para o João e o Gigante do Pé de Feijão, o Capuchinho Vermelho. No final tudo está bem quando acaba bem! Na história “Tigre Xadrez” um casal de tigres viu nascer o seu primeiro filhote, mas sem riscas! Aflito, o pai tigre decide pintar as riscas no filhote, ele queria na vertical mas a mãe queria as riscas na horizontal. Gerou-se uma grande “discussão”. O tigre bebé ficou muito triste ao ver os pais zangados e decidiu fazer ele próprio as riscas. E fá-las na vertical e na horizontal para assim  agradar a ambos, do que resultou num lindo xadrez pintado no seu pelo. O pai e a mãe ficaram muito felizes e até puderam jogar ao tradicional "jogo do galo" nas suas costas!! Muito obrigado e até à próxima amiguinhos!





4 de Agosto 

Aproveitando a bela manhã de verão, uma vez mais trocamos as voltas ao ON-LINE e o “Ler antes e Ler” aconteceu na forma tradicional, com os nossos amigos do Centro Infantil da Fundação José Relvas sentados nas mantinhas a “ouverem” atentamente a  contadora de histórias. De fantoche numa mão e com o livro na outra ficou a pergunta da raposa “Quem será o meu jantar?”. Como bem sabemos as raposas são umas convencidas, sempre mais espertalhonas que todos os outros animais. A fome era muita e a raposa lá decidiu atacar (uma vez mais!!) o galinheiro para conseguir o seu jantar. Com múltiplos disfarces e com a ajuda dos nossos amigos, a galinha, o pato, a ovelha conseguem escapar às manhas da raposa, levando ela  um valente susto ao deparar-se com um boi à entrada do galinheiro!!! Ai, ai, ai, ai, ai!!! o susto foi de tal forma que a raposa fugiu para uma outra cidade!!! Todos ficaram muito felizes!!


 



28 de Julho 

Os dias continuam quentes, com algum vento, o que tornou esta manhã muito agradável, possibilitando que o nosso “Ler Antes de Ler” ON-LINE, se realizasse presencialmente, junto a uma boa sombra do Centro Infantil da Fundação José Relvas. De livro e de banco na mão, a contadora de histórias foi recebida com muita alegria. Das 10 histórias do livro "O Papa-histórias", as crianças puderam escolher as que queriam ouvir!! A contadora girou, girou, girou a roda do livro...e todos gritaram: STOPPPPP!!!!! Calharam:  “O vento rouba-chapéus" e " As sementes do sorriso". A primeira falou do vento, que mais tarde um criativo cozinheiro converteu numa deliciosa sobremesa: sonhos! A última história falou de um fruto delicioso, que tanto gostamos, o melão! E, nem de propósito, era um melão verde, muito parecido com os de Alpiarça, da nossa linda terra, onde se produzem os melhores melões. Disseram-nos que hoje não haveria melão para a sobremesa, mas sim melancia (de Alpiarça) bem fresquinha e vermelhinha! Que tenham tido bom proveito, e até breve amiguinhos!
 




21 de Julho 

O calor intenso continua, aproveitando o fresquinho da sala do Centro Infantil da Fundação José Relvas e da Biblioteca Municipal, ligámo-nos via Skype para mais um “Ler Antes de Ler” ON-LINE. Depois do “Bom dia!!!” a contadora apresentou o livro "Papa-Historias, 10 histórias para abrir o apetite ". Ela fez girar a roda das histórias e as nossos amigos disseram: STOPPPP!!! E assim foram selecionados os contos a serem contados: " Nariz Feliz" e " Sopa de Letras". Falaram-se das cenouras, dos legumes e também da Sopa de Letras. Com estes ingredientes, decoraram um boneco de neve e com as letrinhas da massa formaram-se palavras e frases. Mesmo à distância, mais uma vez as histórias fizeram magia, transformando o livro e os contos contados em momentos únicos. Muito obrigado, fiquem bem, protejam-se e até breve!





14 de Julho 

Aproveitando o fresquinho da manhã, mas já com o calor a espreitar, surgiu uma enorme vontade de nos reencontrarmos “fora dos ecrãs”!!! Que este “Ler Antes de Ler” fosse OFF-LINE, ao ar livre, no exterior do Centro Infantil da Fundação José Relvas, debaixo de uma árvore. Afinal se somos vizinhos, porque não? Escolheu-se a melhor sombra, estendeu-se a mantinha, mantiveram-se as distâncias de segurança, iniciou-se a bem fresca e divertida história "A Princesa que não gosta de salada". Esta Princesa enganava toda a gente!! Incluindo o cozinheiro da corte, pois deitava a comida fora. Um dia o jardineiro explicou-lhe como se cultivava a horta de onde saiam os bons legumes e frutos, especialmente os tomates que a própria Princesa plantou. No final, a contadora de histórias falou da importância da comida saudável e que, no verão, com o calor, sabe bem comer uma saladinha fresca à refeição. Foi um bom momento de contação ao ar livre. Até breve amigos, protejam-se, lavem bem as mãozinhas!!





8 de Julho 

Truuuuú Pruuuuuú Truuuuuú Pruuuuuú !!!!!
Ontem, logo pela manhã, foi assim, ao som da trombeta, que se deu início a mais uma hora do conto on-line com os nossos amigos do Centro Infantil da Fundação José Relvas. Foi com o livro "Uma Princesa do Pior" que a contadora de histórias deu o mote, perguntado às crianças se conheciam princesas de outras histórias. Lá foram surgindo muitas e muitas princesas: Cinderela, Branca de Neve, Princesa e o Sapo, A Bela e o Monstro...Voltando à Princesa do Pior, mesmo à distância, os nossos amigos deram uma boa ajuda àquela Princesa meio endiabrada que só queria guerrear! Muito obrigado a todos, até breve!





26 de Junho 

E mesmo, mesmo a acabar o ano letivo estivemos (virtualmente) com os nossos amigos da EJ/JI DE Alpiarça, levando até eles "Uma Princesa do Pior". A contadora de histórias contou com uma preciosa ajuda para tocar a trompeta...PRÚUUUU e lá se iniciou a aventura. A Princesa é meio endiabrada, e em vez de esperar pelo Príncipe vai mas é guerrear! Lá vai de cavalo caminho fora. Mesmo à distância, todos deram uma boa ajuda. Muito obrigado! Desejamos umas excelentes férias para os nossos amigos, que no próximo ano letivo já estejamos todos bem!





24 de Junho 

"Como o prometido é devido" foi hoje que voltámos à companhia dos nossos amigos do Centro Infantil da Fundação José Relvas, desta feita virtualmente mas de forma interativa, via Skype.
Foi com o livro "O dia em que a mamã ficou com cara de chaleira" que a contadora de histórias nos levou a conhecer a caras de  chaleira da mamã: orelha fininha e esticadinha, o nariz chiiiiiiiiiiii (muitoooo esticado) e a fumegar por todos os lados, como sempre acontece quando as mães ficam zangadas!!! Juntou-se o Marquinhos aos protagonistas desta história hilariante que nos divertiu a todos. Muito obrigado pela vossa participação, até para a semana amigos!

Visitas: 1216